top of page
  • Writer's pictureNatureHub Brasil

O que são projetos de Soluções Baseadas na Natureza?

Updated: Oct 9, 2023

Os projetos de Soluções Baseadas na Natureza (SBN) são empresas ou organizações sem fins lucrativos que lançam, implementam e monetizam a terra com operações que incluem manejo sustentável, sistemas agroflorestais, reflorestamento e conservação ambiental.

Bem-vindo de volta ao NatureHub Brasil - Catalisando uma comunidade na interseção entre as soluções baseadas na natureza (SBN), investimentos, e inovação digital 🍃 🤖

Já mapeamos mais de 400 organizações de SBN em uma cadeia de valor que possui 12 segmentos e hoje apresentamos o primeiro segmento: Projetos de SBN 🧩

Neste post vamos apresentar:

1. Quem representa este segmento da cadeia de valor das SBN.

2. O que você encontrará no banco de dados NatureHub neste segmento.

3. Visão do especialista - Um papo rápido com Rodrigo Ciriello @ Futuro Florestal


Recomendamos que você acesse esse link e preencha o formulário de inscrição gratuita do banco de dados NatureHub para complementar a leitura abaixo 🌐


 

1. Quem representa este segmento da cadeia de valor das SBN?




Fortalecer os projetos de SBN foi a principal motivação por trás da criação do Nature Hub Brasil. 🇧🇷


Os projetos de SBN são empresas ou organizações sem fins lucrativos que lançam, implementam e monetizam a terra com operações que incluem manejo sustentável, sistemas agroflorestais, reflorestamento e conservação ambiental. 🌳

Eles normalmente geram receita com a venda de produtos agrícolas, por exemplo, frutas, madeira sustentável e também créditos que podem ser vendidos em troca de compromissos com práticas agrícolas sustentáveis, como evitar o desmatamento ou promover a biodiversidade. 🐒


A pesquisa de mercado da Ageflor (2021) estima que serão investidos um total de R$53bn no mercado agroflorestal brasileiro até 2024. Estamos animados com o surgimento de novos produtos agroflorestais que podem atender muitos mercados em crescimento. Por exemplo, espera-se que a usina de Macaúba tenha uma influência significativa em biocombustíveis sustentáveis, um mercado com tamanho estimado pela Mckinsey de US$40bn no Brasil até 2040.


Hoje, a demanda por projetos de SBN supera em muito a oferta, vemos uma grande oportunidade para mais projetos de SBN entrarem no mercado. Organizações brilhantes como a Aliança Brasil NBS e a Coalizão Brasil estão fazendo um ótimo trabalho construindo as bases deste setor. 📈


A equipe da Amazon Investor Coalition fez um trabalho fantástico ao estimar os rendimentos das culturas agroflorestais na imagem abaixo. 🌾

 

2. O que você encontrará no banco de dados NatureHub neste segmento?



Hoje, adicionamos as primeiras 27 organizações ao banco de dados, representando o segmento Projetos de SBN, o primeiro de 12 segmentos na nossa cadeia de valor.

Esse segmento representa aproximadamente 6% do total que iremos publicar nas próximas 12 semanas.


Embora 85% desses projetos de SBN sejam baseados no Brasil, o banco de dados também inclui exemplos de projetos ativos na África, Ásia, Europa e América Latina em geral.

Muitos desses projetos são financiados por fundos de SBN ou doações. No entanto, curiosamente, a Mombak, por exemplo, atraiu financiamento de venture capital da Kaszek e da Union Square Ventures. Hoje a Mombak têm um fundo de US$100m que está desenvolvendo projetos de reflorestamento no Brasil. A ambição é oferecer uma plataforma que apoie os proprietários de terras no desenvolvimento de projetos de ponta a ponta.


Além da Mombak, recomendamos investigar essas 4 organizações no banco de dados 1) ReGreen 2) Symbiosis 3) Courageous Land 4) ERA


 

3. Visão de especialista - Um papo rápido com o Rodrigo Ciriello da Futuro Florestal




i) Qual é seu papel e experiência no mundo de SBN?

Desde 2003 trabalho com a implantação de modelos florestais e agroflorestais com espécies nativas e exóticas trazendo soluções baseadas na natureza, principalmente aquelas que podem trazer uma produção sustentável de produtos madeireiros e não madeireiros que diminuam a pressão sobre as espécies nativas exploradas nas florestas naturais dos diversos biomas brasileiros.


ii) Como você descreveria a proposta de valor do Futuro Florestal para alguém que é novo no setor?

A proposta de valor da Futuro Florestal é de analisar a aptidão das diversas propriedades rurais ao longo dos biomas brasileiros para implantação de modelos florestais e agroflorestais utilizando espécies nativas e exóticas, sendo os principais interessados os produtores rurais, investidores individuais e fundos de investimento de impacto.


iii) Quais são os números ou insights de mercado que estão te deixando animados no mundo de SBN?

Os números que tem me animado são os anúncios de grandes projetos de restauração ecológica e produtiva, com milhões de hectares a serem restaurados, assim como as grandes iniciativas que estamos participando na prática, os quais envolvem as SBN principalmente com a diretriz dos créditos de carbono como motor impulsionador dessas atividades.


iv) Quais as principais dificuldades ou gargalos que, se resolvidas, contribuiriam para o crescimento das SBN?

O ponto principal é falta de linhas de crédito governamentais para projetos de médio e longo prazo (acima de 15 anos de ciclo) para pequenos e médios produtores, é um absurdo o governo federal ter uma meta de reflorestar 12 milhões de hectares de floresta até 2030 e não disponibilizar linhas de crédito para que os produtores possam contribuir com essa meta, aliás nem os bancos privados disponibilizam tal crédito, portanto quem planta espécies tropicais de madeiras nobres de longo prazo tem que bancar com recurso próprio, tal investimento que se bem apoiado poderia ser a mola impulsionadora de projetos dessa natureza.


v) O que você diria para a comunidade NatureHub Brasil?

A mensagem principal é resiliência, determinação, dedicação, porque estamos em uma virada de chave que vai demandar tudo isso e muito mais daqueles que se propõe a mudar o paradigma de produção e remuneração pelas soluções inovadoras que envolvem as soluções baseadas na natureza, mas a boa notícia é que as pontes estão construídas e o caminho já começou a ser trilhado por pessoas e empresas que há algumas décadas acreditaram nesse sonho para mudança e futuro do planeta.


 

Esperamos que tenham gostado do primeiro segmento, na próxima semana continuamos a jornada pela cadeia de valor das SBN com o segmento de investimento institucional.


💡Quer continuar aprendendo mais?💡

Acesse o link para se inscrever e participar na experiência de 12 semanas que dará acesso a um banco de dados gratuito de mais de 400 organizações de SBN.

135 views0 comments

Comments


interview
bottom of page